3 de abril de 2011

"Salve o Planeta"

Esse vídeo mostra George Carlin, um comediante americano de stand-up (que já ganhou 5 Grammy Awards), falando sobre o que ele acha das pessoas que dizem "Salvar o planeta". É um video polêmico, mas é bem próximo da minha opinião sobre o assunto. Quem quiser, comente e coloque sua opinião sobre o vídeo, sobre aquecimento global, e coisas do gênero. E já avisando, esse vai ser um dos assuntos de nossos próximos podcasts.

6 comentários:

  1. Olá. Bom, primeiramente quero lhe agradecer pelo comentário em meu blog. Fico muito grata pelas palavras que utilizou para comentar sobre meu post. Agora, com relação ao vídeo, a minha opinião é bastante curta e objetiva. O aquecimento global tá aí e tudo o que ocorre no nosso planeta é somente culpa nossa.

    ResponderExcluir
  2. Vou começar comentando porque não queria expor minha opinião no post antes das pessoas verem o vídeo.
    Minha opinião é bem parecida a do George Carlin (tirando só a parte do "Big Electron"), As pessoas tem a mania de achar que o mundo é imutável ao longo dos anos, e esquecem que ele já esta aqui a MUITO mais tempo que nós (Se vc é religioso e pensa que Deus criou o mundo em 7 dias eu não vou nem entrar nesse assunto, e quem sabe quanto é a duração de um "dia" de Deus...). Do ponto de vista da ciência o planeta começou a sua formação a cerca de 4,7 bilhões de anos, e existem evidencias de cianobactérias que datam 3.500.000.000 anos (3,5 bilhões de anos). Desse tempo pra cá (o que acredite, é muita coisa, pra dar uma ideia melhor, a américa estava junto da áfrica a apróximadamente 130.000.000 anos {130 milhões de anos}) inumeras espécies surgiram e se extinguiram, e nós somos somente mais uma delas. A diferença é que nós temos a capacidade de modificar o ambiente como nenhuma outra espécie fez antes. Mas isso não é nada comparado ao que a Terra já passou, nada. Até o Siluriano (aproximadamente 435 milhões de anos) o oxigênio nem era abundante ao ponto de existirem seres aeróbicos, a vida era restrita basicamente aos oceanos, o que só mudou com o aparecemento dos vegetais. A espécie humana não tem nem 3 milhões de anos (isso contando o astralopitecus, se contar só o homo sapiens temos 200.000 anos), e já passou por diversas glaciações, com suas respectivas flutações do nível do mar, a última a 18.000 anos (nem é tanto tempo assim né) onde o nível do mar estaria pelo menos 130 metros abaixo do atual. E isso porque ele ainda esta baixo. Há evidências de que o nível do mar esteve uns 100 metros acima do atual a menos de 50.000 anos. Agora imagine a costa brasileira com um mar 100 metros acima, adeus Rio de Janeiro... (Isso explica o formato do Pão de Açúcar, ele era erodido sob o mar a pouco tempo atrás). E ai vem a história do aquecimento global, eu não sei dizer o quanto o homem influencia no clima (nem ninguem consegue, não importa que cientista seja), são muitos fatores!!! Se o nível do mar já esta subindo a 20.000 anos e o homem só entrou na era industrial a pouco mais de 200 anos, que tipo de poluição um bárbaro-quase-macaco poderia causar ao ponto de fazer o nivel do mar subir tanto??? Um vulcão libera mais CO2 na atmosfera do que um ano inteiro ação da humanidade (claro que não são todas as erupções vulcânicas, somente as um pouco mais fortes, Krakatoa, Eyjafjallajökull {aquele da islândia}), e um fato que nunca é falado pelos jornalista (não acho que seja culpa deles, eles gostam de exagerar sim, mas tem vários cientistas que gostam de alarmar) é que o Sol está cada vez mais forte, estima-se que a 3,5 bilhões de anos ele fosse de 70-80% mais fraco, e acredite, qualquer aumento na força dele faz a maior diferença. Enfim, essas mudanças vão ocorrer, mais cedo ou mais tarde, a Terra anda numa corda bamba, com vários fatores que possibilitam nossa vida (o mais certo é que se a vida sobreviver a todos os desastres que estão por vir, a Terra vai ser destruída daqui a aproximadamente 5 milhões de anos quando o Sol expandir antes de virar um Anã Branca). O homem tem essa mania de tentar moldar o mundo como bem querer, mas como já descobriu não é possivel controlar o planeta, se ele quiser mesmo sobreviver vai ter que se adaptar, não fazer o contrário, criando seu "próprio habitat". Mas não vou me estender mais, como já disse no post, esse vai ser um assunto para um dos nossos próximos podcasts, então deixe seu comentário e nos escute quando postarmos o programa, vlw.

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa que eu deixei passar no meu comentário anterior. Eu não sou contra as medidas para se evitar a poluição, eu não estou defendendo a liberação de gases, lixo, destruição de florestas, etc (Muito pelo contrário, tento ser o mais ecológico possivel). O que eu sou contra é essa ideia de salvar o planeta, nós temos que salvar a nós mesmos (pode soar um pouco egoísta, mas é a mais pura verdade). Não cada um de nós individualmente, mas a humanidade como um todo, e o ecossistema (não uma espécie em si, mas sim o conjunto). O que falta no homem é o pensamento de comunidade. Porque sem esse pensamento nós vamos por água abaixo, mas o planeta vai ficar bem aqui, onde está, mas não do mesmo modo, pois nunca ficou. O que eu não gosto é de ouvir que a culpa de um tsunami é o homem, ou que a temperatura sobe por causa do homem (pode ate ser um pouco, mas pode acreditar, a maior mudança não é por nossa conta), ou mesmo o nível do mar. Mas se for necessário ouvir isso para que se tome alguma providência quanto a poluição causada, que seja, porque assim vão estar fazendo pelo menos alguma coisa para SALVAR A HUMANIDADE.

    ResponderExcluir
  4. Alexandre Sotello4 de abril de 2011 17:37

    Concordo completamente com o Rômulo, o planeta ja passou por inúmeros processos semelhantes.Ele não irá "acabar" com o aquecimento global ou coisa do tipo, porém não podemos dizer que o mesmo ocorrerá com nossa espécie...
    Não havia humanos quando o planeta era 3ºC mais quente, e inúmeras espécies foram "modificadas" nesse processo, novas espécies surgiram e muitas sumiram.O planeta sobreviverá a tudo isso,nós não.
    Isso é claro não implica no fato de que não devemos fazer nada para minimizar os danos sofridos pole atual ecossistema graças a esse processo.Eu acredito que podemos e devemos tentar reduzir ao maximo os impactos ambientais,não somente pela nossa especie, mas por todas as outras aqui presentes.
    O melhor que podemos fazer é arrumar um jeito de mantermos nosso ecossistema da melhor maneira que pudermos,sem "degradar" ainda mais o atual ambiente em que vivemos.

    ResponderExcluir
  5. Sinistro o video, para mim o humor não tem limites então pode-se brincar com qualquer coisa. O blog continua dez...
    abraços e comenta lá tem post novo...

    ResponderExcluir
  6. O Rômulo acabou de dar uma aula ^^ É isso ae, o homem é naturalmente antropocentrista e agocentrico. Achamos que somos únicos e que o mundo é somente para nós, mas como o Rômulo mostrou em datas, somos nada conparados com o planeta! Nos somos bebes! É claro que o vídeo da uma forçada, principalmente com o sarcasmo, mas não deixa de ter os pontos certos! Mas não é porque não vamos destruir o planeta que vamos piorar um pouco a nossa vida nele.

    ResponderExcluir